Notícias do Anglo

15
JUL

O primeiro caipirinha a gente nunca esquece

Anglo reúne pais, alunos e funcionários para confraternização junina.

          O lápis risca o bigode e a costeleta falsos e desenha o riso frouxo de quem veste o faz-de-conta campestre. As tranças que escorrem do chapéu emolduram as bochechas forçadamente coradas, que enfeitam a fantasia da própria delicadeza. E com um quadriculado aqui, um remendo e um bordado ali, a festividade junina é caricaturada pela candura.

          Mais uma vez, o Anglo São José – Qualidade Cassiano Ricardo abre o capricho de sua Festa Junina às famílias de alunos. Em poucos dias, as quadras e a área externa da escola foram ocultadas pelo cenário típico. Barracas, arranjos, bandeirinhas, cardápio variado, murais e colorido anunciavam o que ali aconteceria.

          Na azulada benção de São Pedro, pouco após o meio dia de sábado, tiveram início as aguardadas apresentações. Primeiro, a cativante Educação Infantil e o 1º ano, que fascinam mesmo quando esquecidos pela coreografia, desfilaram feito celebridades entre pais e parentes derramados de orgulho.

          Na sequência da programação, o baile passou a ser conduzido pelo Ensino Fundamental I, preocupado em sincronizar passos e música e, também por isso, envolvente como a renda ou a palha emaranhada.

          Pausa para fotos e abraços. E por fim, já com o orbe lunar no horizonte, foi a vez do Fundamental II festejar. Antes, o Casamento Caipira e a Quadrilha convocaram todos a se deixarem embalar pela dança típica. Em seguida, na proa do dia, a atmosfera popular recebeu a visita da batida pop, a pedido dos alunos, que curtiram uma balada a céu aberto.

         A mudez da bela artificialidade dos girassóis contrastava com referências às obras do pintor Alfredo Volpi, artista próximo ao popular, domínio do poeta Cartola, que um dia nos cantou que “O mundo é um moinho”. E o que seria do atropelo do tempo se não fossem as boas lembranças? Seguramente, este sábado junino será inesquecível e oportunas vezes rememorado. Claro que muitas crianças não estreavam a estampa xadrez, mas encantaram como se fossem caipirinhas pela primeira vez.

Donativos – A Festa teve caráter beneficente. Como ingresso individual voluntário solicitou-se um litro de leite longa vida, a ser doado à entidade Francisca Júlia – Saúde Mental e Dependência Química. A renda obtida com a Barraca de Doces também foi revertida à instituição.

Procure por Fotógrafo Anglinho SJC no Facebooke confira os álbuns de fotos.

Mais notícias:

06-02-2018 - Colégio já vive clima de folia

01-12-2010 - Encerramento Eletivas 2010

29-11-2010 - Nono ano conta causos no anfiteatro do Anglo

25-11-2010 - Sintonia Fina (Final)

17-11-2010 - Viagem Gastronômica

12-11-2010 - Alunos do Anglo participam de concurso de cartaz

08-11-2010 - Semana Cassiano Ricardo

04-11-2010 - Alimentação, forma e adolescência

28-10-2010 - Anglinho na 3ª fase da Olimpíada Brasileira de Física

26-10-2010 - Sintonia Fina - Quarta e quinta semana

© Anglo São José - Infantil e Fundamental - Qualidade Cassiano Ricardo (12) 2134-9200 - falecomoanglo@cassianoricardo.com.br
R. Maria Augusta Fagundes Gomes, 41 - Jd. das Indústrias - São José dos Campos - SP - Brasil
Desenvolvimento de sites Desenvolvimento de sites - MÍDIA SIM