Notícias do Anglo

30
JUN

Sétimos anos exploram religiosidades

Em visitas a templos, alunos compreendem valores de diferentes crenças

          "Tsāmḩ", "Savlanut", "Sahanaśīlatā". Com o dedo no prego em que Martinho Lutero fixou as 95 teses da Reforma Protestante, à porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, os alunos do sétimo ano do Anglinho fecharam as “sagradas escrituras” da aprendizagem para, fora da escola, enriquecerem o conhecimento sobre manifestações religiosas e darem o passo mais generoso à direção da aceitação convivial entre culturas diferentes.

          A viagem teve como destino a mais plural cidade brasileira, no circuito denominado “São Paulo de todas as Crenças”. A professora de história, Cláudia Fiorese, conta que a excursão antecipa o conteúdo a ser dado em sala de aula, “Estaremos trabalhando a Reforma Protestante, no século XVI, e já introduzimos o Judaísmo e o Islamismo”.
 
          Segundo a educadora, os alunos não participaram de rituais, mas tiveram contato com os locais dos cultos budista, islâmico e judaico. Assim como a casa diz muito sobre a personalidade do indivíduo, os Templos revelam particularidades das religiões. A Sinagoga prefere não posar para foto seu ambiente livre de imagens e econômico em adornos, comedida como o solo de Tel Aviv. A representação objetal da fé está principalmente concentrada na arca, símbolo da aliança com Deus.

          Na Mesquita do Bras, os estudantes puderam ver e fotografar o Corão, livro sagrado do islamismo, e notaram que a construção imponente, com dois minaretes (torres), para chamar os fiéis, possui paredes decoradas com a caligrafia árabe; o espaço utiliza-se, também, de arcos que dão a noção de portais e infinitude. Além das inscrições, as paredes e colunas ostentam temas florais e azulejos. Traços das influências bizantina e romana arraigadas pela expansão muçulmana desde a morte de Maomé.

          Se na Sinagoga os rapazes vestiram a quipá e na Mesquita as garotas cobriram a cabeça com véu, tal respeito seguiu o cortejo iniciado na primeira visita do dia, ao templo Budista. Os pés descalços e a ausência de bancos mostraram que naquela crença milenar a proximidade ao chão é proporcional à reverência divina. E assim, naturalmente, os visitantes ficaram em um nível abaixo da grande estátua de Sidarta Gautama, o supremo Buda.

          As visitas também contaram com a presença e o suporte da professora de história do 6º ano, Geovana, e farão parte do projeto de uma revista nas aulas de português da professora Silvia. Aos leitores atentos e ainda curiosos, as três primeiras palavras do texto significam “tolerância” em árabe, hebraico e híndi, línguas originárias das três religiões visitadas; uma qualidade certamente compreendida pelos educandos.

Procure por Fotógrafo Anglinho SJC no Facebook e confira o álbum de fotos.

Mais notícias:

06-02-2018 - Colégio já vive clima de folia

01-12-2010 - Encerramento Eletivas 2010

29-11-2010 - Nono ano conta causos no anfiteatro do Anglo

25-11-2010 - Sintonia Fina (Final)

17-11-2010 - Viagem Gastronômica

12-11-2010 - Alunos do Anglo participam de concurso de cartaz

08-11-2010 - Semana Cassiano Ricardo

04-11-2010 - Alimentação, forma e adolescência

28-10-2010 - Anglinho na 3ª fase da Olimpíada Brasileira de Física

26-10-2010 - Sintonia Fina - Quarta e quinta semana

© Anglo São José - Infantil e Fundamental - Qualidade Cassiano Ricardo (12) 2134-9200 - falecomoanglo@cassianoricardo.com.br
R. Maria Augusta Fagundes Gomes, 41 - Jd. das Indústrias - São José dos Campos - SP - Brasil
Desenvolvimento de sites Desenvolvimento de sites - MÍDIA SIM